Datas Importantes

Completando meus 32 aninhos

No dia 9, eu completei 32 aninhos de vida (uma adolescente). E porque isso é tão importante, a ponto de trazer aqui para o blog?

Bom… Todos os meus processos e coisas que eu morro de medo em passar, ou não, eu trago aqui para o blog para dividir um pouco mais da minha vida com você, inclusive esse post trata muito sobre um dos meus maiores medos, que era chegar na fase dos 30 anos.
Hoje eu entendo que o meu maior medo era de não dar conta do “novo momento” que estava surgindo para mim.
Algumas pessoas que me conhecem sabem que a minha infância eu tive não foi das melhores, minha adolescência então…quase nem ví.

Com 19 anos eu era uma adolescente velha (risos), e hoje não é muito diferente. Sou uma “senhora” vivendo o ápice de uma juventude, que até este momento eu não havia conhecido.
Eu sempre fui meio atrasada para tudo nessa vida, tudo mesmo!

A SHEILA TARDIA

Aprendi a ler tarde, fiquei mocinha tarde, sofri bastante quando o assunto eram coisas do coração até conhecer o grande amor da minha vida (o homem que sou casada até os dias de hoje).

Mas apesar de ter vivido, e ainda estar vivendo muitas coisas tardiamente, hoje eu me sinto muito mais segura quando o assunto é processos, e sei que tem pessoas por aí que precisam das minhas experiências.

Caso contrário Deus não teria me formado em áreas nessa vida que só Ele pra dizer porquê eu passei por momentos, e mutos deles bem tensos.

E depois de ter passado pelos meus momentos de medo dos 30, hoje com 32 tenho a dizer que são só números.

Eu não sinto que neste momento eu tenha que frear os meus planos e objetivos por conta da minha idade, muito pelo contrário, agora é que eu quero sonhar, conquistar, planejar, estudar e tudo o mais que eu tenha direito. Inclusive agora é que eu vou me jogar no ballet e executar tudo o que desde então eu tive medo do que os outros iriam pensar.

meus-32-aninhos
“A felicidade em nossas realizações precisa fazer parte de nós”

CONCLUSÃO

Cheguei a conclusão (tarde como sempre) de que se eu não for atrás do que eu quero realizar, quem irá??

Então se você está na mesma situação, em que eu estive a muito tempo, repense a sua vida.

O que está faltando para você se sentir realizado(a)? O que está faltando para você conquistar novos territórios em sua vida?

Pense em todas essas questões e tome uma atitude na sua vida.

Se você tiver interesse em conhecer mais como é viver uma vida aos 32 super de boas, dá uma olhadinha no meu instagram e sinta-se a vontade pata conversar comigo por lá.

Espero ter te ajudado a viver sem medos do amanhã, ou então do aqui e agora mesmo.

Deus te abençoe e até semana que vem.

Uma bailarina acima dos 30, vivendo o melhor que a dança tem a oferecer. Uma admiradora das obras que Deus executou aqui nesta Terra. Vivo em busca de entender e executar a minha missão.

%d blogueiros gostam disto: