Dança na Igreja

A importância das cores na dança dentro da Igreja

Você sabe qual é a importância dar cores dentro de um ministério de dança ou grupo de coreografia? E como as cores podem mudar a “visão” das pessoas sobre o que você está abordando enquanto dança?

O que queremos representar no momento em que dançamos muda totalmente a informação que passamos. Mas como diferenciar o momento da dança com o pano ou roupa que usamos?

Um pouco sobre a minha experiência

Quando comecei a dançar na Igreja me vi em um meio em que estudar sobre cores e conteúdos seria muito importante para o meu conhecimento e crescimento.

Vou te confessar que inicialmente eu fiquei bem confusa, pois as cores tem diversas intrepretaçãoes, se posso assim dizer.

Por exemplo: Conheço pessoas que não se sentem bem dançando de preto ou marrom por serem cores conhecidas como “sombrias”, mas já fui levada a dançar muito com essas cores sem me incomodar em nada. Quando entendemos de dentro pra fora o significado da nossa dança e o quanto falamos através dela, muito do que usamos é mais para o todo da Igreja do que somente para nós. Deus não fala apenas para nós, mas também através de nós.

Então vou deixar aqui abaixo significados de cores que encontrei em um site, e que concordo plenamente com cada um deles.

Cores e seus significados

Vermelho (escarlate, carmesim… tons de vermelho): sangue, reconciliação, sacrifício;

Azul (tons de azul): céu, graça celeste, revelação divina, rios de águas vivas ou purificadoras;

Púrpura: realeza;

Branco: pureza, santidade, justiça, Espírito Santo;Prata: redenção, palavra de Deus;

Ouro, Dourado: Divindade e a Glória de Deus;

Bronze, Cobre e Metal: julgamento;

Amarelo (tons de amarelo): celebração, alegria (em referência ao óleo), Glória de Deus, Unção;

Verde (tons de verde): nova vida, florescimento, renovo, vigor, prosperidade;

Marrom, Cinza: arrependimento, humilhaçãoLaranja, amarelo e vermelho(juntos): fogo e Espírito Santo, louvor;

Laranja: o fogo

Ameixa: riqueza, abundância, cheio do Espírito Santo;

Rosa: a alegria;

Preto: o pecado, a morte;

Roxo: realeza, reinado, majestade.

(Fonte sobre as cores: https://blogdoadt.wordpress.com)

E como pode ser explicado o significado das cores?

Depois de todas essas explicações sobre cores, você deve estar se perguntando o por quê de tantos significados, né?!

E a minha resposta é bem lúdica, porque eu amo explicar as coisas através de um pequeno “faz de conta” ou “era uma vez”.

Então vamos lá!

Na Bíblia existem muitas formas de histórias contadas, lá existem histórias que realmente aconteceram, ou não. O próprio Jesus nos fala por parábolas, o que para algumas pessoas pode ser até um tanto quanto confuso, mas enfim!… É pensando nisso que eu co-relaciono as cores. Para mim elas falam, e falam muita coisa. Deus fala coisas extraordinárias através da dança, e acredite se quiser! Até quem não entende muito sobre assunto de cores e dança, também passa a entender o que estamos querendo expressar quando temos certeza do “instrumento” que usamos.

Eu sei que este post abre um leque para vários outros, porque esse assunto é vasto, mas por hoje é só.

Até a próxima semana com mais um post interessante.

Este conteúdo é original de Sheila da Luz

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

2 Comentários

Deixe o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: