Medo Dos Trinta

Sei que pode parecer assim até meio clichê, mas eu Sheila Gonçalves Dos Santos Da Luz tenho medo! Eu tenho medo, sim! Muitas pessoas sabem bem que tenho medo dos “meus trinta”, mas por quê? Não sei! Pode ser medo de mudança…não me sinto confortável quando o assunto é MUDANÇA (apesar de ter cortado o cabelo bem curtinho). Ou pode ser pelo simples fato de ficar mais velha mesmo sem querer ou ter vontade de assim acontecer com essa minha vida.

Digamos que eu sempre vivi coisas atrasadas na minha vida. Não “tive infância” então fui uma criança crescida por um tempo, na idade em que eu deveria ser madura eu vivi a minha adolescência e agora quando é para essa pessoa aqui ser um pouco mais adulta eu não quero!

Sei que você pode até estar pensando que passar pelos trinta não é nada! Que é uma idade como qualquer outra, mas para mim não é não! Para mim fazer trinta é como fazer quinze (transição de menina para moça), ou como os dezoito (ganho de responsabilidades maiores), só que agora é uma transição que muitos de vocês já devem ter visto naquele filme “De Repente 30”, onde a frase que  Jennifer Garner repete incessantemente é “Trinta a idade do sucesso”.

Se não viu, veja! Porque é um filme ótimo! E neste filme trata mais ou menos o que estou querendo expressar pra vocês agora, a única diferença é que eu nunca pedi tanto por esta idade como a atriz deste filme pede. Eu queria ficar aqui aproveitando a casa dos vinte, mas não né?! Tem que vir os trinta para me tirar da comodidade.

Nos meus trinta sei que tudo será diferente! As pessoas irão me olhar e com certeza irão falar:

“Tu já tem trinta! Precisa ser mais responsável com teus projetos e realizações.” Eu sou responsável já gente! Em partes, mas sou hehehe…

Nos meus trinta sei que as pessoas irão me olhar e dizer também:

“Sério que tu já tem trinta?! Parece que tem vinte e cinco.” Esse aqui não é para me gabar, mas as pessoas sempre me dão uma idade menor do que na realidade eu tenho. Apesar de que eu já percebo algumas linhas de expressão na testa e no rosto, mas vamos lá firme e forte seguindo a vida.

Mas se você aí do outro lado deste post acha que eu vivo uma“crise dos trinta” pode ficar tranquilo. Não estou tão doida assim! Apenas rola um medinho e um friozinho aqui na barriga. Sabe aquele medo de montanha russa ou descer do tobogã mais alto que já enfrentamos? Então…é este medo que sinto! Sei que inevitavelmente vou ter que passar por esse processo natural da vida. Só espero que seja muito bem acompanhada dos meus amigos, familiares, irmãos em Cristo e com Ele que nunca me abandonou em minhas escolhas: DEUS!

Eu espero que este seja um dos meus melhores aniversários, que seja o melhor momento, a melhor festa…porque tenho tudo que sempre quis ao lado. E só para lembrar aos desavisados que ainda não compraram meu presente ou que ainda não planejaram a minha festinha que meu aniversario é no dia 9 de junho, sendo assim falta menos de um mês.

E apesar de todo este medo eu confio que Deus tem o melhor para a minha vida!

Que Deus abençoe a todos nós!