Dança

Eterna Bailarina

Hoje vamos conversar do verdadeiro propósito para que nós fomos colocados nessa Terra. Vou usar como exemplo pra isso o meu ministério de dança que é algo que eu tenho aprendido a cada dia que é a coisa  mais importante pra mim, depois de DEUS e da minha família. Não me vejo fazendo outra coisa, se não dançar. Quando eu morava com minha família eu nunca dancei, mas depois que fui para a FEBEM eu comecei a me apaixonar pela dança, fiz aulas de bllet em um projeto gratuito que a Escola de Ballet Vera Bublitz tem aqui em Porto Alegre. Mas um dia, infelizmente, minha vida acabou seguindo outro rumo depois de ter saído dos “Abrigos” em que eu já morei. Eu me casei, tive uma filha…E em um dia da minha vida recomeçou tudo novamente, quando fui visitar uma igreja e duas mulheres cheias de Deus oraram por mim e declaram sobre a minha vida, me acordando para sair  de algo que estava adormecido dentro de mim!

Foi aí que iniciei os trabalhos que Deus havia me formado para seguir em frente! Comecei a dar umas de ballet para meninas que não tinham condições financeiras de pagar. Isso teve início no dia 10 de outubro de 2010

As meninas que eu ministrava na dança não eram apenas minhas alunas, mas já faziam parte da minha história e também da minha vida. Todas elas são e sempre foram muito especiais para mim, e embora elas já estejam grandes, continuam sendo as minhas pequenas.

Elas e eu precisamos entender que foram 6 anos juntas passando coisas boa e outras nem tão boas assim e que um dia crescemos e fazemos novos discípulos. Sonho que um dia, onde quer que elas estejam, façam de seus ministérios algo bom e com muito frutos para o Pai.

 

No ano passado eu acabei passando por alguns problemas de saúde e precisei me ausentar deste projeto de Deus para a minha vida. Este ano foi muito difícil de seguir lutando, pois não tinha as minhas meninas mais comigo. Eu não pude ministrar aulas de Ballet e isso acabou mexendo muito com minhas forças, com meus sentimentos e com minha presença no “Reino”, mas graças a Deus tudo referente ao tratamento acabou e no próximo ano de 2018 estou voltando com os projetos de Deus. Estou voltando também para a Escola Aline Rosa, lugar onde eu fazia Ballet e o lugar onde me sinto bem, sem ter medo de quem eu sou.

 

Só tenho uma coisa a dizer…OBRIGADA DEUS! Por ter me carregado para os lugares onde eu fui…Obrigada, pois mesmo achando que eu estava sozinha, eu não estava!

Que Deus abençõe a todos vocês!

E até amanhã com mais um post cheio de coisas maravilhosas!

3 comments

Deixe seu comentário

*