Reflexão

Comida e vida

Oie meus amores! Estava com saudade de vocês! Meu tempo estava tão espremido que eu já me sentia uma laranja (no bagaço) kkkkk.

Hoje vou falar pra vocês algo que percebi enquanto fazia o almoço de hoje, e não, não estou aqui para ensinar pra vocês uma receita nova ou coisas do gênero. Estou aqui para falar pra vocês sobre a vida e o temero que ela nos trás ou nos faz carregar por aí. Então…fazendo o feijão percebi o quanto é demorado preparar ele (lembrei que algumas vezes é difícil esperar por muita coisa, afinal de contas quem aqui faz feijão em 5 minutos?!), Aí enquanto o feijão pegava pressão na panela eu iniciei o processo descascando as batatas e picando a carne de porco em fatias (neste momento eu pensei comigo: eu poderia estar fazendo várias coisas, mas estou aqui, descascando batata. Por quê elas não vem descascadas? Acho que poderiam ter criado uma maneira pra não precisar descascar batata), depois de um tempo com as duas penelas na pressão, eu iniciei o processo do arroz, que é um processo fácil para muitas pessoas que só colocam sal no arroz e pronto! Mas eu não sou dessas não! Eu pego o arroz, coloco na pena com um pouco de azeite, frito no sal, e depois quando coloco a água, e com ela vão junto algumas fatias de alho, e sim! Eu sou a doida do alho! Daqui algum tempo vocês irão entender do que estou falando. Aqui vampiro não tem vez! Mas continuando…Vou contar meu pensamento enquanto fazia o arroz: Pensei que se tudo fosse tão fácil quanto fazer um arroz, que é rápido e prático as coisas seriam muito mais faceis, e não estou falando somente do tempo de preparo, mas sim de todos os ingredientes que usei na receita que que acabei não postando aqui pra vocês verem porque é muiiiiiiita coisa. Mas vou rebater uma coisa pra vocês sobre tudo ser como um “arroz”: Se não levarmos tempo preparando algo será que lá na frente nós vamos dar valor? Se não colocarmos vários ingredientes na nossa vida, assim como eu fiz com a comida, será que teríamos muitas opções de escolha e vários caminhos a serem seguidos?! Porquê o arroz, como eu disse a você, muita gente por aí (que eu conheço) coloca só azeite e sal e está ótimo! Mas pra mim não está não! Quero ter uma vida com muito tempo de preparo, com muitos ingredientes, e que aquilo que seja simples eu tenha prazer em fazer.

 

Pense nisso! E que Deus te abençoe e te guarde todos os dias da tua vida.

**Se você gostou deste conteúdo, veja mais em Pensando sobre a vida

 

 

Deixe seu comentário

*